Ir para o menu principal Ir para o conteudo principal

Efeito 2ª onda: A ocupação que mais gerou vagas de emprego foi o de Técnico em Enfermagem, com 18,2 mil postos de trabalho

Efeito 2ª onda: A ocupação que mais gerou vagas de emprego foi o de Técnico em Enfermagem, com 18,2 mil postos de trabalho

Listamos as 10 ocupações que mais geraram vagas em março, de acordo com o Ministério da Economia.

O mês de março de 2021 viu a abertura de 184,1 mil vagas com carteira assinada, um desempenho bem melhor que o de março de 2020, quando foram fechadas 276,3 mil vagas.

A segunda onda de coronavírus no Brasil foi tão forte que impactou até as estatísticas de emprego com carteira assinada. Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostram que 40,9% das vagas criadas pelo setor de serviços em março foram na saúde.

No total, a categoria “saúde humana e serviços sociais” do cadastro criou 39 mil empregos formais no mês passado, um crescimento de 223% na comparação com março de 2020, quando a pandemia estava somente começando no Brasil.

A ocupação que mais gerou vagas com carteira no mês passado foi técnico em enfermagem, com 18,2 mil postos de trabalho. Outro sinal da forte demanda por profissionais de saúde está na contratação de enfermeiros (+7,3 mil vagas) e fisioterapeutas (+2 mil vagas).

 

Gostou? Conheça o Curso Técnico em Enfermagem do CETEM, clique aqui

 

Veja abaixo as ocupações que mais geraram vagas em março, de acordo com o Ministério da Economia.

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Fonte: 6minutos Uol